quarta-feira, 28 de março de 2012

Millôr

"Sim, do mundo nada se leva. Mas é formidável ter uma porção de coisas a que dizer adeus."
[Millôr Fernandes]




Como uma vírgula abandonada no meio da página,
Hoje pausam suas letras...
de humor,
crítica,
contos,
crônicas,
poesias,
as cores e traços...
de gente.
De genialidade.
Uma saudade agora ocupa espaço dos olhos incrivelmente abertos para o simples viver.
As fotografias de mundo deste imortal e indescritível Millôr Fernandes seguem a nos fazer companhia.
Ao mestre, a homenagem.




2 comentários:

Poeta da Colina disse...

Ficou. =)

28/3/12 20:51
Denis disse...

Olá.

Parabéns... belíssima homenagem à este grande mestre. As coisas estão ficando feias por aqui... Antes o Chico... agora, o Millôr.

Boa noite.

;D

29/3/12 22:49
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB