terça-feira, 30 de setembro de 2008



A minha decisão estranham, mas assim não me sinto.
Alguns tantos questionamentos...
Mas não pus questões ao ouvir Teu chamado...
Acreditam que perdi algo...
E tão somente agora me sinto preenchida!
Pensam que foi de repente
Mas meu coração foi sempre Teu!
E minha alegria já não dura horas!

Acham exagero aprender Teus passos,
Imaginam tolice purificar meus atos
Nesses dias em que os valores se invertem
A entrega os causa espanto!
Mas não assusta meu coração

Cada dia mais da Tua presença
A cada pergunta a mesma resposta ou mais intensa...
Pois se pra mim o amor é doação
Para o amor eu atendi
E há amor maior que o Teu?!

E se nunca desejei rimar amor à dor...
A este, também resulta em fervor
A entrega se refaz a cada dia
Sou aprendiz
E por tuas mãos,
Ainda hão de ver

Solto o mesmo riso, e aumentam os motivos
Ao horizonte o mesmo olhar, mas busco também os Teus mistérios
Aos bons amigos, o ombro foi tão somente alargado
Nada foi perdido, mas imensamente acrescentado!

Como agradecer Teu imenso amor Pai?!
E só a Ti, assim sempre chamei...
Faz-me conforme a Tua vontade!
Pois meu coração hoje parece ainda maior
E os desejos dele, te vejo conceder com minha fé
À medida que se apaga a ilusão...

1 comentários:

Rebeca disse...

Lindo...tô sem palavras pra comentar esse texto,dá vontade de chorar...

4/11/08 17:49
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB