terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

'sobre-voar'



Leva-me
Como vento forte
que transforma tudo
e se faz urgente o inesperado
Vento que descobre o oculto
Que levanta as saias
Que provoca os mares
E refresca os corpos suados

Leva-me
Como voo de asa-delta
na ilusão humana de ser livre
união de corpos como pássaros
visão de tudo ao seu redor

Leva-me
na certeza arriscada de um pouso feliz...

Raiana Reis

3 comentários:

Angela Reis (Luna) disse...

Belíssimo poema Raiana como todos os seus escritos.

Jesus te abençõe!!

bjos no seu coração prima =*

9/2/10 21:55
Beca disse...

Putz! Que massa!

10/2/10 23:50
Jaime Guimarães disse...

Eu também quero ser levado. Mas preciso de coragem para ao menos tirar os pés do chão, aprisionado que sou! ( influência de leituras recentes de Platão, não se preocupe..rs)

Bj!

20/2/10 12:25
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB