quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

No silêncio da noite




Hoje esse silêncio grita aos meus ouvidos...
Meu gato esperando no portão,
E a madrugada surgindo em tons de cinza...
Quando bati a porta e me encontrei comigo...
Recordações desencontradas,
Futuro impreciso...
O frescor que percorre o rosto e tem gosto de sal...

A espera vem em cada amanhã...
Buscando aquilo que me falta hoje!
Raiana Reis

3 comentários:

**Daya** disse...

Que lindo o poema,estamos sempre esperando algo que a gente nem sabe ao menos o que é ,so sabemos que nos falta algo.

BJus ...Daya

11/2/09 15:03
Siento que me miran de cerca disse...

Me fez lembrar do trecho da música de Caetano Veloso

"Às vezes no silêncio da noite..."

Linda por sinal


Luna atualizeu meu blog, conto novo por lá...

http://sientoquememirandecerca.blogspot.com/

11/2/09 23:46
**Daya** disse...

Oiee,tenho um selo pra vc no meu blog ;D
Dá uma passadinha lá e pega ok?

Bjus

12/2/09 01:54
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB