quarta-feira, 22 de julho de 2009

Inquietudes



Sinto por tantas vezes a inquietude da noite, uma sensibilidade sem nome, um desejo de passarinho com asa quebrada...
Desejo de voar além!
Vejo minha mãe dormindo e meus olhos a abraçam como a menina que acorda na madrugada. Pareço dizer que a amo com um gosto antecipado da despedida já esperada.
As horas findam e grita a minha vontade de beber a vida...
Sono,cansaço... Para quê?!
Porque um tempo que se esvai se a sede não seca em mim?
Quero viver a paixão dos horizontes ainda não trilhados
quero!
quero meus sonhos em uma realidade palpável
quero viver mais!
Quero meu reflexo antigo, quero a força pra rugir mais que o leão do dia
Não quero ser o poste no calçadão tumultuado
Preciso ser protagonista da história que ‘inda não foi escrita
Quero um prazer maior que brigadeiro de panela
Acompanhar os passarinhos ao nascer do dia, correr o mundo além da imaginação
Ser mais forte que a corrente que nos leva
E não morrer, mas amanhecer na praia!

4 comentários:

BRUNO disse...

É aterrorizante saber que sua vida está a cabndo a cada minuto... que cada hora de sono ou descanso é um momento que vc poderia estar construindo mais coisas, subindo mais alto. Mas o corpo e a mente precisam descansar, para escrever um txt desse , abraço!

22/7/09 16:40
Nazi disse...

Ainda que pareça chato ouvir isso e cansativo pra esperar: "Tudo tem seu momento certo para acontecer..." Vc merece um final feliz,e se ainda não está nele,é pq ainda não chegou ao fim!!!Amo-te...
Adorei o "amanhecer na praia"!!!Bjs.

22/7/09 22:52
Rebeca disse...

Rai, acho q só posso comentar esse texto pessoalmente! Meu olhar comentaria... ;)

23/7/09 18:43
Pati Grottone disse...

Raiana...!

Esse teu espaço é uma graça...aconchegante, muito bem feito!!!

Parabéns!

Um abraço
Pati

24/10/09 09:50
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB