quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

reComeço





     Agora que secou o rosto ela olha pra dentro... sabe que é hora de virar mulher, aquietar as teimosias, esquecer os passos em falso e recomeçar...
      Ela sente a urgência de reinventar o futuro breve que imaginava... Breve, pois não sabe se é defeito, mas não gosta de dias tão planejados, matemáticas nunca foi seu forte, desejos tem aos montes, mas vai montando um de cada vez, num quase improviso diário.
      Ter desejos contrariados não é nada fácil, os resultados ficam à mostra, como carão de mãe, repetindo mil vezes o seu erro cometido... Mas não há ninguém melhor que ela, com seus sonhos adiados, pra culpar-se nessa soma. Ainda que recorde suas dores e as areias movediças, sabe-se senhora de seus resultados.
      Quando se sentiu pequena e frágil, desconsolada pelo trem perdido, sabia todas as razões do seu atraso, sabia que inundar seu dia não seria solução, sabia que deveria "conformar-se"... Ela sabe, nós sabemos... mas no momento da turbulência o difícil é a travessia...
   Até o renovo, até as rotas entrarem em eixo, não é conformismo que a acalma... É preciso se reconstruir por dentro...

Raiana Reis

22 comentários:

Jaime Guimarães disse...

Como disse o mestre Paulo Freire, é preciso não confundir a esperança do verbo esperançar com esperança do verbo esperar. O primeiro passo você já deu, mas não é preciso perder a esperança - dos desejos, das vontades que não são realizadas por ora, mas serão oportunamente. Não se preocupe, é um velho clichê, mas funciona: para cada porta fechada, abrem-se várias janelas.

Não aquiete as teimosias, não esqueça dos passos em falso, não esqueça das vontades, dos desejos. Tudo isso será útil no recomeço - mas será que vc precisa recomeçar ou apenas desnudar o que já tem aí em repouso?

Bj!

PS: também não gosto de matemáticas, mas sigo lógicas o tempo todo, preciso "dar um tempo" nisso. rs

17/12/09 13:07
Ingo disse...

Muito bonito seu texto...

17/12/09 14:20
Rapha disse...

É a vida. Mesmo assim o mundo é realtivo é bom ser jovem e criança.

http://raphax.com/blog/post/Coracao-de-Ouro.aspx

17/12/09 17:59
Bruna Cabral disse...

Raiana, seus textos são tão profundos...
Parabéns, isso é bonito.

Um beijo.

Bruna Cabral
www.oquevocequerserquandocrescer.blogspot.com

17/12/09 18:08
Glen Pace disse...

Um bom texto, meio reflexivo, mas é preciso conformar-se com sua situação para aí então reconstruir-se.

17/12/09 18:34
mulherices disse...

Retrato de um desses momentos de colocar tudo abaixo para recomeçar. Há quem passe por isso muitas vezes na vida, sei bem como é.

Texto bonito, gostei.

17/12/09 18:38
Matheus T. disse...

Gostei, bem legal.Sucesso para o blog!

17/12/09 18:59
laisa disse...

"reconstruir por dentro" eis o segredo de todos os dias de sucesso!!!!

17/12/09 22:29
JASMINE TIGER disse...

parabéns seus textos são lindo ,o visu do blog tb
gostei muito
beijos

18/12/09 08:46
Pipa. A que sonha. disse...

O post que comentou

"E o que disserem, ela sempre esteve esperando por mim"
É de autoria dela, foi a resposta ao texto anterior. Espero poder trazê-la de volta ainda ao blog. E tenho fé que seja breve. Porque a Cris é uma coisa qualquer estrelada, que ilumina os caminhos das pessoas de coração cansado.


Esteja à vontade aqui linda menina.

Obrigada pelo comentário maravilhoso.

P.S.: Te abraço com carinho.

22/12/09 10:20
Costureira de estrelas. disse...

Vc escreve tão bem :)
Fico feliz que tenha comentado em meu blog, só assim descobri o seu rsrs
Beijos e tudo de melhor p vc ;)

22/12/09 15:38
Pipa. A que sonha. disse...

Ah depois volta lá e vê o que nossas mãos fizeram pra ajudar a construir um céu mais bonito.


Um beijo

23/12/09 00:41
Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Em busca de leitores e de petrocínio para o meu blog, estou aqui para convidá-lo a conhecer "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...", em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Professora e pesquisadora da cultura brasileira, acredito num mundo melhor com menos violência através do exercício da leitura e da reflexão.
O afeto e a educação continuam sendo o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o seu próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
Além disso, divulgar esse imenso país com suas belezas naturais e multiplicidades culturais têm sido outra de minhas metas, afinal ninguém pode amar aquilo que não conhece, não é verdade. Eu me apaixonei pelo Brasil aos 12 anos, depois de ler "O Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna para fazer uma peça de teatro na escola onde estudava - Chicó foi o meu primeiro amor. Penso que falta ao povo brasileiro conhecer mais o seu país. Ultoimamente temos visto tantos escândalos na TV, dinheiro em mala, en cueca, em bolsa, escondidos até em meia...tanta gente passando necessidade e essa raça de políticos desviando milhões dos cofres públicos, deixando o povo a mercê da própria sorte. Uma total falta de respeito para com o seu país. Falta a essa gente o sentimento de pertencimento, afinal o Brasil ainda é o melhor lugar para se morar.
Bem, se você achar a minha proposta coerente, VAMOS TODOS JUNTOS NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR.
Atualmente moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, ruídos aqui só o canto dos pássaros, o Curupira,do Caruara, a Pisadeira ... vez por outra o Saci aparece aprontando das suas. Devido a localidade ser muito alta, o sinal que chega do meu 3G é muito precário, nem sempre posso estar online. Alé, disso tenho outro probleminha: os relâmpagos. Espero que compreenda as diversas limitações de quem escolheu viver no meio do mato e, na medida do possível, vou respondendo os e-mails que chegam e atualizando o meu blog FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Se você ainda não o conhece, dê uma chegadinha por lá, é só clicar no link em azul. Deixe para mim o seu comentário.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre e que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010 que se inicia.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

23/12/09 19:17
Silvana Nunes .'. disse...

"Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA..."
( Mário Quintana)
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está aqui para desejar para você um ano de 2010 de muita LUZ. Que nele você consiga realizar alguns de seus mais importantes propósitos.
E que DEUS ÑANDE RU continue nos anemçoando COM A SUA ETERNA GRAÇA pelo resto de nossas vidas. Agradeço sua visita em meu blog com seus comentários sempre muito carinhosos e relevantes.
FELIZ ANO NOVO !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

28/12/09 09:32
Pati Grottone disse...

Rayana!

Suas palavras são tão bem colocadas em reflexões tão puras, verdadeiras...Me reconheço em muitos dos seus textos, são realmente fabulosos!

Mas não vim aqui apenas para te elogiar (vc merece), mas para agradecer seus votos. Temos contato apenas virtual, mas muitas vezes essa troca de idéias é o que basta para acalentar minhas angústias, ou acarinhar minha imaginação! Me fazem um grande bem, ainda mais através de textos tão bem elaborados e sábios como os seus...

Te desejo maiores inspirações e reflexões, e que o mundo se mostre cada vez mais alegre e receptivo para vc!

Um grande abraço!

Pati Grottone

28/12/09 17:39
Jaqueline disse...

Estou sempre visitando seu site, conteúdo de primeira!!! Adoro!! Descobri um blog muito legal:

http://menstruacaoatomica.blogspot.com/

Sucesso.

Beijos,

Jaque

31/12/09 23:17
º°● Piter disse...

Que bom que voltou a blogar mocinha. Me falta tempo , quase sempre, mas escrever por aqui é meio que um desabafo no meu caso, e uma forma de colocar arte para fora, no seu.

Saudades, de suas lidas, as minhas no seu blog e nossos comentes!

Abraços e um 2010 mara pra ti!

Piter

2/1/10 15:22
BRUNO disse...

É sempre bom retornar à blogosfera e encontrar os textos que a enchem de qualidade! Respeito muito sua escrita!

Vim lhe informar que deixei seu link lá no Superlativo:

http://blogsuperlativo.blogspot.com/

Fico à espera desta parceria!

Bjs!

11/1/10 22:02
Paulo Tamburro disse...

LINDO SEU BLOG.

O PONTO G É A GRANDE DISCUSSÃO NO MEU BLOG DE HUMOR:

"COMO ERA FÁCIL FAZER SEXO".

VENHA CONHECER E PARTICIPAR.

UM ABRAÇÃO CARIOCA.

15/1/10 19:53
Nina disse...

que lindo post! acho que nem chega a ser um processo de reconstrucão, e sim de construcão. a gente vai pegando pouco a pouco e nos "montando" com o que nos cerca, estamos em permanente mudanca, sendo modificados :)

18/1/10 08:45
Fred Matos disse...

Ótimo texto.
Beijos

21/1/10 13:35
Gil Façanha disse...

Lendo esse teu escrito, tive a sensação de já ter passado pela estação por onde você passou. Um abraço e parabéns pelos belos poemas. Voltarei mais vezes.

8/8/10 11:03
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB