domingo, 20 de março de 2011

Deixa


Deixa acabar
Deixa escoar os amores mesmo que ainda exista o líquido sabor dos beijos.
Ainda que o peito aqueça na falta dos nossos plurais.
Deixa que os ventos transportem as sementes da finda história para o amanhã.
Deixa-se levar na ciranda das músicas recordando o velho filme com mais sorrisos
que sal na boca.
Deixa ecoar o eu te amo nos gestos que pediam as reticências...


a última bolacha do pacote sempre foi a mais difícil.
Raiana Reis

4 comentários:

JohdJah disse...

E deixa eu me apaixonar. Belo texto. Parabéns.

20/3/11 20:35
Ciça Ferreira disse...

Suave... triste... real...
Quem nunca teve q deixar um amor partir?
Adorei!

20/3/11 21:27
Poeta da Colina disse...

Abra mão

21/3/11 18:43
Jaime Guimarães disse...

É preciso coragem...não é fácil, não.

6/4/11 22:57
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB