quinta-feira, 14 de agosto de 2008

A menina e o tempo





O vento sopra e a menina volta-se ao Mestre...

_ Qual o tempo que se anuncia?!

Aquele olhar terno e sábio inclina a cabeça para a pequena e diz:


_ O tempo muda as folhas de lugar... Mas ele vem com a intensidade que você lhe permite entrar, na direção que você o conduz.
Ele não se anuncia, ele é convidado!

A menina inquieta dirige-se novamente ao Mestre:

_ Gostaria de saber como tudo ficará, semeará novas flores? Há de revigorar os belos girassóis dantes murchos?

O Mestre então estende a mão áspera, com os sinais da maturidae já vivida.


_ O tempo é seu amigo, e chega a seu pedido... Mas não dará uma tarefa como concluída e sempre terá novidades pra você!


Com ele aprenderá que tudo chegará quando mais lhe for preciso e o segredo é apreciar cada parte, antes do todo!





Raiana Reis

3 comentários:

Luciano Fortunato disse...

O tempo pode ser, sim , meu amigo, Raiana. tenho conversado muito com esse "amigo". e tenho também lutado contra ele: ele me dá socos na barriga, e eu lhe dou rasteiras.

24/5/10 12:10
Edson Laureto disse...

Sábias palavras, Mestre. Sábias palavras...

24/5/10 12:13
Denis disse...

Olá.

O tempo... inimigo para alguns, amigo para tantos outros.
Um belo texto que nos leva a reflexão.

Boa noite.

;D

11/11/10 19:28
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB