domingo, 11 de julho de 2010

Dou-lhe (trad. Te regalo)

Tradução do meu poema anterior, Te regalo.


Dou-lhe os versos simples
Profundos em significado
Ao confessar em minha boca
Em meus lábios
O desejo que espera por ti

Dou-lhe as horas futuras
Os momentos hoje apressados
Despedaçando a imensa fundura
Não mais distante de ti

Dou-lhe somente o princípio
Vençamos ao dia o improvável
E façamos não mais um pacto
Mas o encontro
Sem fim...

Raiana Reis

2 comentários:

Jaime Guimarães disse...

Google Translator quebrou o galho, mas nada como a escritora fazendo esse favorzinho ao pobre ignorante aqui que não entende muito bem o espanhol - e tá na moda, né? Espanha campeã! rsrs

Lindos versos, muito, muito inspirada mesmo.

E o vídeo está hipnotizante e o final, então...rs =)

Bjs!

12/7/10 15:49
Larissa Mejía (: disse...

Oi Raiana!
voce foi a primeira seguidora do meu antigo blog. que por algumas causas eu vim a excluir.
mas agora eu criei um outro blog para expressar explicitamente as minhas opiniões. e se voce quiser me seguir nesse meu novo blog, lhe agradeceria
http://oquepensoeuescrevo.blogspot.com/
e gostaria de lhe fazer uma pergunta, voce é brasileira? pois vejo que voce tem muito gosto pelo espanhol (:
Beijos;*
ainda te sigo. hehehehe

21/7/10 22:44
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB