quarta-feira, 7 de julho de 2010

Te regalo



Te regalo los versos sencillos
Profundos en el significado
Al confesarme en mi boca
En mis labios
El deseo que espera por ti

Te regalo las horas futuras
Los momentos hoy apresurados
Deshojando la inmensa hondura
No más lejana de ti

Te regalo solamente el principio
Venzamos al día el improbable
Y hagamos no más un pacto
Pero el encuentro
Sin fin…



 Clique aqui para o poema em áudio e vídeo no youtube. 




Raiana Reis

2 comentários:

Jaime Guimarães disse...

Moça, suas palavras andam tão inspiradas...mesmo que eu entenda muito pouco em espanhol - e depois recorra ao Google Translator ( não ria, ele até que melhorou umas coisinhas...rs) - percebe-se a ternura de suas palavras.

Mas isso tudo eu já sabia, da inspiração e da ternura. È bom voltar aqui!

Bjs!

10/7/10 00:12
Fabiana Borges disse...

e é numa poesia lida que a gente percebe o quanto a vida anda tão sem poesia vivida.

11/7/10 00:03
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB