domingo, 7 de novembro de 2010

Dos desejos

Pintura by Jack Vettriano

Quero -
um dia pra raiar comigo, sorriso infantil, sorvete grudento de verão. 
Mar que anuncie o que há por dentro, vento que leve inquietações.

Quero a fé travestida em teimosias, amor coringa em todas as estações.
quero palavras, sempre mais do que silêncios.

Das músicas, ritmo para o corpo e letra ao coração.
Dos dias o imprevisível. Das fotografias as mutações.

Dos sonhos eu quero todos, mas do amor que seja apenas um.

Que as surpresas reacendam os atos, mas não transfigure o personagem na página seguinte.

Quero o amor que me transborda apenas ao lembrar seu nome. Seus anseios e loucuras para dançar com as minhas.
Quero nossos sorrisos largos, a paz no abraço, o papo em horas a fio. 
Que ele entenda a timidez no corpo e a transparência nos sentimentos.
Que leia a sedução dos olhos e a insegurança dos silêncios. 
Que venha sem prazos e se disponha ao encaixe que está além dos corpos...

Raiana Reis

4 comentários:

Geysiane Menezes disse...

Gostei muito. Versos tão verdadeiros, que ao mesmo tempo parecem surreais. Algo que é feito de dentro pra fora. Versos que nos confudem e nos dá a suprema impressão que coisas banais, tornam-se coisas essenciais. Continue assim, a senhora vai longe professora. Bjs

7/11/10 22:49
Poeta Da Colina disse...

"Que venha sem prazos", a vida é uma parcela só, a vista ou a perder de vista.

8/11/10 20:09
Denis disse...

Olá.

Que belíssima poesia.
Gostei demais de ler.
Destaque para "...ao encaixe que está além dos corpos...".
Isto diz muito.
Meus parabéns pelo texto e boa noite.

;D

11/11/10 19:24
Angela Reis (Luna Luz) disse...

Prima,

Tem selinho lá pra você! Depois volto com mais calma para comentar sobre o post! Um domingo abençoado! =*

bjos no coração

14/11/10 09:52
Blog Widget by LinkWithin
 

©2011, | by TNB